Vida por vidas

Reconhecimento

O projeto Vida Vidas tem sido internacionalmente como a “campanha notável que incentiva a doação de sangue” reconhecida pela Organização coordenado Mundial da Saúde (OMS), uma agência fundada em 7 de abril de 1948, especializada em saúde e Organização das Nações Unidas.

Com sede em Genebra, na Suíça, a OMS, de acordo com sua declaração, visa desenvolver o nível máximo de saúde de todos os países. Em seus documentos, ele define “saúde” como: “O estado de completo bem-estar físico, mental, espiritual, emocional e social, e não apenas a ausência de afeições ou doenças”.

O Brasil tem um papel fundamental na história da OMS, para elevar os padrões globais de saúde. Até mesmo a proposta de criação da OMS era de responsabilidade dos delegados do Brasil, que propuseram a criação de uma agência internacional de saúde pública de abrangência mundial. Desde então, o Brasil e a OMS desenvolveram importante cooperação.

A Organização Pan-Americana da Saúde foi responsável pela nomeação do projeto e o reconhecimento veio através do prêmio concedido em 2006 na sede da OMS em Washington.